21 de setembro de 2012

dias cheios de lembranças e noites iluminadas

"Os prazeres do amor são males que se fazem desejar, onde coincidem a doçura e o martírio, e o amor é involuntária insânia, paraíso infernal e inferno celeste - em resumo, concórdia de ambicionados contrários, riso doloroso e friável diamante" 

Umberto Eco, eA Ilha do Dia Anterior


Um comentário:

POBRE MEU BLOG disse...

Saudades desse lugar. Bom te ler novamente.