6 de julho de 2011

Vai menina.

Vai menina, 
atrás da sua obsessão, 
suba rua, vidro aberto.
Ou não, ou não.
E o que eu realmente queria?
Era ver filhos felizes.... 
Ou eu. Ou eu.


***


"ali a linha 
que atravessa
o labirinto 
ali o fio 
da meada 
interminável obsessão
...
ali a ilha
nesse mar
tão desmedido 
ali a luz 
no escuro 
inexpressivo obsessão"


(De Chacal para Fausto Fawcett)

Nenhum comentário: