29 de abril de 2011

Adoro provérbio chinês barato. 
Adoro sua língua enroscando na minha 
resgatando meus sonhos de menina.
Fumaças perdidas da paz de mentira. 
Amores pequenos. 
Certas coisas nunca darão certo.
Garoa visibilidade zero.
Escolhas incertas, mais e eu aguento... 
Na constante esperança dessa ser a última. 


"avisa que é de se entregar o viver" 
...pras amigas que foram no show.

2 comentários:

Van. disse...

eu fico pensando que esse mundo aqui não foi feito pra mim.
ou sou muito ingênua, ou muito burra, ou é o mundo que é cruel demais.
parar pra pensar nisso é muito dolorido. juro que não queria ser assim...juro que queria me contentar só com a comida e com a saúde.
se la vie.
saudade de você, linda!

Elucubrada disse...

Sempre achei: não dá pra ser romântica e inteligente ao mesmo tempo. eu tento.
Tem horas que visto a peruca loira e vou pra avenida! ou melhor, vamos pro boteco!
Foda-se inteligência emocional! rs
Amotu! Saudadona!